Vinho emagrece?

Dos benefícios do vinho para o corpo, todos estamos cansados de saber. Ótimo contra o colesterol e regulador da pressão arterial, quando apreciado com moderação, também pode ajudar a combater outros problemas cardiovasculares, doenças renais crônicas etc.

No entanto, esta é a primeira vez que você vê uma matéria sobre o poder de emagrecimento do vinho? Será que é só mito, como tantos outros a respeito da bebida dos deuses? Isso vai depender de como você usar essa poderosa ferramenta.

Como vocês verão logo a seguir, não, não é mito! O vinho pode, sim, ajudar no emagrecimento, quando tomado diariamente na dose certa. Seguem dicas e a descoberta dessa característica bastante importante do vinho.

Acompanha-nos, então?

Vinho emagrece

  1. Por que o vinho emagrece?

A uva, em especial quando verde, tem como componente químico a substância resveratrol, que impede o acúmulo de gordura e de toxinas na casca da uva quando ainda imatura.

Essa não é a única substância química com fins de proteger a uva, quando jovem, produzindo também piceatanol, que impede as células de maturarem e, também, o acúmulo de gordura na casca das uvas. Estudos de universidade internacionais renomadas (estamos falando inclusive de Harvard) descobriram que tais substâncias, em especial o resveratrol, ajudam a queimar gordura, portanto, o consumo de frutas que as contenham – frutas vermelhas e uvas, por exemplo – e seus derivados, inclusive o vinho, ajudam no processo de emagrecimento e até no combate à obesidade!

  1. Qual o tipo de vinho que emagrece?

A pesquisa estudou a vida de cerca de 20.000 mulheres durante 13 anos, separando-as entre as que bebiam uma a duas taças de vinho pelo menos uma vez ao dia e as que não bebiam.

Os resultados mostraram que, dentre as mulheres bebiam vinho todos os dias, por volta de 30% delas estava mais distante do risco de obesidade em comparação com as que não bebiam o vinho. O estudo também prestou atenção nas mulheres que bebiam outras opções, além da bebida dos deuses, como cerveja, licores etc; e a conclusão foi que o vinho tinto é o que ajuda no processo de emagrecimento.

  1. Como a ‘mágica’ do vinho funciona?

A conclusão obtida com as pesquisas foi: quem bebe uma taça de vinho tinto após o jantar, ou antes de dormir, perde o apetite. Portanto, essas pessoas não tinham a urgência por um lanche noturno ou no meio da madrugada, já que se sentiam plenamente saciadas!

A quantidade indicada para se chegar a esse resultado foi de meia garrafa por dia ou o equivalente a duas taças. No entanto, apesar de benéfico, o vinho é uma bebida bastante calórica. Assim, beber mais que duas taças por dia é contraindicado, pois acabaria por anular o efeito positivo no seu corpo.

  1. Uma dica para todos que querem emagrecer?

Aqui vem o lado ruim da pesquisa – ao menos para os homens. Os cientistas chegaram à conclusão de que o corpo da mulher, por produzir as enzimas que metabolizam o vinho em menor quantidade, demora mais tempo para concluir a digestão daquela taça providencial antes de dormir. Desta forma, elas se sentem saciadas por um período maior do que os homens que ingerem a mesma quantidade de vinho, então é bem provável que a taça antes de dormir não tivesse o mesmo efeito no corpo de um homem!

  1. Dieta do vinho?

Não. Não podemos tratar essa descoberta como se fosse uma dieta. Para começar, substituir comida por vinho só poderia fazer mal para o seu corpo, pois o vinho não entrega todos os nutrientes necessários para sua saúde. O segundo ponto já foi inclusive mencionado: o vinho, como bebidas alcoólicas em geral, é uma bebida bastante calórica. Assim, o seu consumo exagerado acabaria por ter o efeito contrário ao do emagrecimento – além de desenvolvimento de doenças ligadas ao consumo exagerado de álcool!

Já tinha ouvido falar neste benefício do vinho? Não? Comente o que achou e divida conosco se já é uma consumidora diária de vinho ou se, a partir de hoje, pretende se tornar!

Conheça mais 6 curiosidades sobre o vinho.

 

Autor: admin

Compartilhe este artigo no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *