Os dez melhores vinhos lançados neste ano

Todos os anos, a Wine Spectator divulga o seu top 100, dos melhores vinhos analisados durante todo o ano. A empresa norte americana é uma das mais sérias e sólidas do mercado e desde 1988 apresenta os melhores sabores, aliado ao bom preço e disponibilidade da garrafa no mercado.
Confira, a seguir, os 10 melhores vinhos para serem degustados com muito gosto!

os dez melhores vinhos desse ano

1. Peter Michael Au Paradis (2012)

De origem californiana, o Peter Michael apresenta cerca de 76% de Cabernet Sauvignon e 24% Cabernet Franc. O vinho é submetido a 18 meses de processo de envelhecimento em barril de carvalho francês.
O seu sabor é caracterizado por uma textura macia com explosão de frutas e a presença de taninos.

2. Quilceda Creek Columbia Valley Cabernet Sauvignon (2012)
Produzido pela vinícola de mesmo nome, o Quilceda é uma bebida que apresenta os aromas de amora e incenso, além de um agradável sabor de frutas negras. O vinho é submetido ao envelhecimento em barril de carvalho francês durante 9 meses. É uma bebida com taninos bem trabalhados.

Leia também: Curiosidades do Resveratrol no Vinho

3. Evening Land Seven Springs Vineyard La Source (2012)
É um vinho produzido no Oregon, que apresenta aroma de frutas silvestres pretas e vermelhas. É feito de uvas pinot noir e possui notas florais. A sua textura é fina e os taninos suaves. Com sabor de cereja o Evening é vinho bastante equilibrado.

4. II Poggione Brunello di Montalcino (2010)

Saindo dos EUA e indo para a Europa. Esse representante italiano, mais especificamente da Toscana é produzido com uvas sangiovese e passa por envelhecimento de aproximadamente 3 anos em barris de carvalho francês. O seu aroma é de frutas negras com toques de tabaco, betume e fumaça. Possui bela persistência.

5. Mount Eden Vineyards Chardonnay (2012)
Produzido nas Montanhas Santa Cruz, na Califórnia, que apresenta um vinho com sabores de avelã e limão. O seu final é longo e complexo. É um vinho bem equilibrado que possui uma acidez média.

6. Bodegas Alto Ribera del Duero (2012)
O vinho latino é produzido à base de tempranillo (nobre uva espanhola) com o sabor inigualável de cacau, ameixa e amora. Possui boa concentração e elegância que se deve, em parte, as vinhas antigas que tem entre 40 e 80 anos.

7.Escarpment Kupe (2013)
Esta garrafa veio de longe: Nova Zelândia. É justamente em Martinborough que se encontram os melhores terroirs da Pinot Noir. O vinho é fermentado em cubas de madeira e envelhecido em barris de carvalho francês por cerca de 18 meses. No paladar a textura é aveludada, um pouco picante e taninos profundos. É um vinho de alta qualidade.

Confira: Bares de Vinhos em São Paulo

8. Masi Serègo Alighieri Vaio Armaron, Amarone della Valpolicella Classico (2008)
Mais um vinho italiano que representa muito bem as uvas do Veneto. Caracterizado pela alta graduação alcoólica (entre 15º e 16º), as suas uvas são submetidas ao apassimento de três a quatro meses e depois submetidas a envelhecimento em barris. Com taninos refinados, o sabor  é de frutas secas e especiarias.

9. Clos Fourtet St.-Emilion (2012)
Diretamente de Bourdeaux, O Clos é um blend dos cabernet franc e sauvignon e uvas merlot. O seu sabor é suave e o aroma reúne tabaco e anis.

10. Klein Constantia Vin de Constance (2009)
O famoso vinho de Napoleão Bonaparte. Produzido na África do Sul apresenta acidez moderada. Possui aroma de especiarias, é bem equilibrado e pode envelhecer até 20 anos. É um belo vinho.

Confira 10 lugares que todo amante de vinho deve conhecer antes de morrer!

Até o inicio do próximo ano sairá a lista com os melhores vinhos de 2016. Enquanto isso que tal deixar a sua curtida no botão abaixo?

 vinho argentino com desconto

 

Autor: admin

Compartilhe este artigo no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *